>

Resenha #3: Clube da luta - Chuck Palahniuk


Então gente... Essa resenha é sobre um livro um pouco diferente do que a gente geralmente coloca aqui... Mas vamos lá... Essa é a história de um homem que se cansou de tentar preencher o “vazio” que tem dentro de si e não conseguir. Nosso narrador (para facilitar, vamos chama-lo de Joe – se você ler vai entender o porquê) não conheceu o pai, tem um emprego que odeia e é consumista ao extremo. Ele tem raiva do mundo e de quem ele é. Está “desgostoso” com a vida. É então que ele conhece Tyler Durden, o qual também não é totalmente equilibrado. Joe percebe que quando está numa briga, começa a viver realmente e a se sentir muito melhor. Por isso, decide entrar no clube idealizado por Tyler, mas a convivência com este último pode piorar ainda mais as coisas.

Joe é um espetáculo à parte. Palahniuk consegue criar um personagem crível e um tanto quanto louco (mas quem não é um pouco?). Em momento algum ele se descreve, mas ao final do livro você já o conhece perfeitamente.

Ele não é um livro leve, já que mostra toda a frustração de um homem com o resto do mundo. A narrativa é não linear e por isso você talvez tenha que reler alguns capítulos de vez em quando para entender totalmente a história. É aquele daquele tipo te faz PRECISAR saber o final e por isso você não para de ler.

Pessoalmente, esse não é meu tipo de livro favorito e por isso não posso dizer que o amei. Ele é bom, mas não chegou a acrescentar muita informação na minha lista de livros lidos. Mas se você é uma pessoa que está passando por uma fase “odeio o mundo a minha volta” essa leitura é aconselhável, porque você vai se identificar com os personagens, já que eles são um tanto quanto... Pessimistas nesse quesito...

A história é violenta, tem humor negro, muitas reviravoltas, às vezes é um pouco difícil de acreditar, mas ainda assim possui seu charme. Repleta de sabão, soda cáustica, lutas em porões, viagens de avião e alguns olhos roxos, “Clube da Luta” possui uma adaptação cinematográfica com Helena Bonham Carter (DIVA), Brad Pitt (lindo, no papel de Tyler) e Edward Norton (nosso Joe) e se você é fã de algum deles, vale a pena assisti-lo.

E não se esqueça nunca... “Tyler Durden vive!”.

GusTitulo: Clube da Luta;
Titulo Original: Fight Club;
Autor: Chuck Palahniuk;
Tradução: Cassius Medauar;
Editora: LeYa Brasil;
Gêneros: Ficção, Ficção científica, Ficção especulativa, Mistério, Romance, Sátira, Suspense;
Versão: 2;
Edição: 5;
Número de páginas: 272;
ISBN: 9788580444490;
Ano: 2012;
Adaptação cinematográfica: Outubro de 1999;
Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »