>

Segredos de Harry Potter serão revelados em nova bibliografia de JK Rowling



O The Guardian fez uma matéria sobre a nova bibliografia das obras de JK Rowling, que revela detalhes privilegiados sobre a publicação de seu best-seller, a série Harry Potter, como por exemplo como o manuscrito de "A Ordem da Fênix" foi entregue em um bar de Londres, escondido em um saco plástico.

O autor Philip Errington passou cinco anos compilando as 544 páginas de "JK Rowling: A Bibliografia 1997-2013", um trabalho descrito como "um trabalho servilmente completo e irresistível emocionalmente" por Rowling, que acaba de ser publicado. Fornecer detalhes bibliográficos completos de cada edição de todos os livros de Rowling, até à data, a fim de "gravar fatos e dissipar rumores". Errington também vasculhou arquivos da [Editora] Bloomsbury e entrevistou o pessoal para incluir informações detalhadas sobre a história da publicação de livros de Rowling.

"Finalmente! Eu li este livro tantas vezes que eu fiquei cansada, eu nunca tive que ler qualquer um dos outros tantas vezes ao editá-los, mas eu realmente tive que fazer isso desta vez", escreveu Rowling em uma carta sem data para sua editora Emma Matthewson sobre "O Prisioneiro de Azkaban", citado por Errington em seu livro. "Se você acha que precisa de mais trabalho, eu estou pronta e esperando, mas eu acho que este rascunho apresenta uma melhoria em relação ao primeiro; os dementadores são muito mais do que uma presença desta vez, eu acho", ela acrescenta.

Matthewson responde em agosto de 1998, chamando-o de "simplesmente ótimo Jo - uma trama que vive oscilando, cambaleante, mas nunca cai completamente! O que é uma façanha" Mas as edições claramente continuaram, com Rowling escrevendo para ela em novembro daquele ano: "Um balão com um pequeno discurso chato apareceu em minha tela dizendo: 'Parece que você está escrevendo uma carta. Gostaria de alguma ajuda?' Este laptop é inteligente demais para si só... Eu estou tão cansada de reler este livro que vai ser difícil sorrir quando eu tiver que fazer leituras públicas dele. Mas talvez o sentimento terá ido embora no próximo verão..."

Ela tinha sido menos conturbada com as mudanças que foram feitas em "A Câmara Secreta", em 1997, Errington revela; após Matthewson dizer que a obra de Rowling era "absolutamente brilhante", acrescentando que "em geral, como já discutimos, o manuscrito é perda de tempo", Rowling retorna em outubro, escrevendo "Eu fiz mais do que você sugeriu, e estou muito feliz agora, o que não era o caso antes. O trabalho duro, as regravações significativas que eu queria fazer, são mais, por isso, se ele precisar de mais cortes após isso, eu estou pronta para fazê-los, rapidamente..."

Errington também revela sugestões alternativas de Rowling para um título de "Harry Potter e o Cálice de Fogo" - "Harry Potter e os Comensais da Morte" e "Harry Potter e os Três dos Campeões"; e seguindo a entrevista com o chefe executivo da Bloomsbury, Nigel Newton conta como o então agente de Rowling, Christopher Little, queria passar o manuscrito acabado de "Harry Potter e a Ordem da Fênix".

Little convidou Newton para tomar uma bebida num bar em Fulham, ele disse para Errington - Newton sabia que a reunião poderia ser significativa, pois o local era onde Little havia entregue o livro anterior da editora. "Então, eu dirigi para The Pelican, um bar  na não muito longe de Stamford Bridge, em estado de alerta máximo. E eu fui e havia uma enorme sacola da Sainsbury (supermecado) nos pés dele... ele não disse nada sobre isso, e eu não disse nada e ele apenas disse: 'o que quer beber?' e eu disse, 'uma cerveja, por favor'. E então bebemos e ele não disse nada sobre Harry Potter. Mas quando saímos, eu saí com a sacola. Foi um clássico 'Dead letter drop'", disse Newton.
Coloquei a sacola em meu porta-malas e dirigi para casa. Durante essa fase a saga estava tão grande que eu quase tive medo de ter a posse física do manuscrito. Eu o empurrei para debaixo da minha cama. Eu tinha outro texto datilografado lá, então eu coloquei as quatro páginas do livro 'East of the Mountains' de David Guterson no topo do manuscrito e passei a noite toda lendo-o assim, minha esposa achou um pouco estranho… Não havia dúvidas de que eu não mostraria nada pra ela, mesmo assim eu colocava algumas partes dentro do cofre."
Vale recordar que o recorde em leilão até o momento para uma primeira edição de "Harry Potter e a Pedra Filosofal" é de £150.000, e o New York Times listou "Harry Potter e a Pedra Filosofal" em suas listas de mais vendidos descrevendo a trama como uma sobre "um menino escocês". A editora Bloomsbury descreve o trabalho de Errington como uma "bibliografia definitiva" dos escritos de Rowling até o momento.

"Há um monte de informações incorretas lá fora, e esta é uma oportunidade de esclarecer tudo com uma investigação detalhada", disse Errington. "Estou muito feliz que a Bloomsbury deixou-me entrar em seus arquivos, e ainda deixou eu entrevistar pessoas-chave. Isso poderia funcionar como um mapa para o futuro... você pode ver como a série Harry Potter apenas decolou."

O livro já está disponível para compra no Reino Unido por 75 libras (aproximadamente 329 reais) e deve chegar aos EUA no dia 23 de abril. Ainda não há previsão de lançamento no Brasil.
Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »