>

TNYT: Jennifer fala sobre último filme da franquia "Jogos Vorazes" + Nova still exclusiva


Recentemente Jennifer Lawrence concedeu uma entrevista ao The New York Times para divulgação do filme "Jogos Vorazes: A Esperança - O Final". Nessa quarta (09) foi liberada, juto com uma still nova, a entrevista concedida pela atriz. Jennifer falou sobre seus próximos filmes, sobre sua amizade com o Josh e com o Liam, e também sobre sua festa de aniversário com Kris Jenner. Confira logo abaixo a still divulgada (clique na miniatura e seja redirecionado para nossa galeria, e veja a imagem em HQ) e a entrevista traduzida e adaptada na íntegra pela Isabella e pela Juliana da Equipe Jennifer Lawrence Brasil.


13LAWRENCE5-superJumbo.jpg13LAWRENCE5-superJumbo.jpg13LAWRENCE5-superJumbo.jpg13LAWRENCE5-superJumbo.jpg13LAWRENCE5-superJumbo.jpg

LOS ANGELES — “Eu me imagino afogando.

Jennifer Lawrence engoliu em seco e continuou. “Eu me imaginando afogando. Exteriormente, pareço estar me divertindo muito, e estou, pelo menos em alguns momentos. Lá estava eu – arroto, arroto, arroto – apenas uma pequena menina de Kentucky sendo descoberta pela grande Hollywood. Mas por dentro, eu estou apavorada. Em um instante – BOOM – todos estão escutando, todos estão olhando.

Senhorita Lawrence, 25, estava tentando lembrar da mulher ainda mais jovem que ela era no outono de 2011, quando a temporada de divulgação do primeiro filme de  ‘Jogos Vorazes’ começava. A atenção não era totalmente novidade. Ela compareceu ao Oscar 2011, como candidata ao prêmio de Melhor Atriz, pelo filme corajoso ‘Inverno da Alma’. Mas essa experiência não se comparou com a loucura que começou quando ela assinou para interpretar Katniss Everdeen, a lutadora relutante central da série ‘Jogos Vorazes’.

E agora? Como a senhorita Lawrence avalia a si mesma enquanto se prepara para dizer adeus à Katniss? ‘A Esperança – O Final’, o quarto e último filme de ‘Jogos Vorazes’ (pelo menos por agora), chega da Lionsgate em 20 de Novembro (no Brasil chega pela Paris Filmes dia 19 do mesmo mês).

A resposta – juntamente com o relato da senhorita Lawrence sobre Kris Jenner, ser muito jovem para os papéis de David O. Russell, mas fazê-lo de qualquer maneira, e suas conexões de sonhos com os companheiros de elenco de Jogos Vorazes – emergiram no mês passado durante uma conversa de uma hora em uma suíte no hotel Four Season aqui. Ela chegou para a entrevista da tarde totalmente enfeitada para uma sessão de fotos (salto agulha pretos, micro-mini-saia branca com zíperes laterais) e assumiu o comando: aperto de mão eficiente, podemos por favor, desligar o ar condicionado, vamos começar com isso. Em pouco tempo, porém, ela teve os pés no sofá e foi desembrulhando doces enquanto ria e mostrava sinais de ser uma fofoqueira divertida. Aqui estão trechos:
Neste momento, Katniss tem estado em um momento difícil. Ela teve que caçar crianças como esporte contra sua vontade. Ela tem sido atormentada mais de uma vez por aquele gato maldito.
Se Katniss esteve assustada no último filme, então ela estará praticamente aterrorizada no próximo. Ela passou por tanta coisa."
Será que a mesma descrição se aplica a você? Você já passou por muita coisa também, ao longo destes últimos anos. Suas fotos privadas roubadas e publicadas online. Seu salário para ‘Trapaça’ despejados na internet como parte do hackeamento da Sony. Caindo no Oscar.
Talvez você possa falar mais alguns momentos constrangedores sobre mim? [Risos]

Desculpe. Quanto você mudou desde os primeiros ‘Jogos Vorazes’?
Não sinto como se estivesse sendo arrastada por mais nada. Sinto-me mais no controle. Estou mais calma. Sei que não preciso ficar ansiosa o dia todo, então eu tento não ficar. Eu ainda fico com medo, mas é sobre coisas diferentes. Agora me preocupo com – [Foge do assunto e desloca-se um pouco desconfortável no sofá.] OK, se controla, Jennifer. Isso não é terapia.


Oh, mas é. Apenas um tipo diferente.
Você quer saber o quanto eu mudei? Estou com tanto medo de dizer qualquer coisa agora. Eu posso ver todos os sentidos negativos que as pessoas podem entender, e eu não quero parecer como se estivesse reclamando. “Oh, ela é tão vaidosa agora. Oh, ela está tão cansada agora.” Isso provavelmente vem de eu tanto pesquisar a mim mesma no Google. Se fosse por mim, eu não iria falar. Gostaria apenas de atuar.

Você pesquisou a si mesma no Google? Você deve prometer nunca, nunca mais fazer isso.
Você, tente ter 22, ser uma mulher e ficar longe do Google. Uma vez eu pesquisei no Google ‘Jennifer Lawrence Feia’ [risos] Pareoo mal-intencionada?

Não mesmo. Você soa como uma pessoa real.
Não consigo pensar em tempo mais desperdiçado do que o de se preocupar com isso. Por que eu me importo com o que as pessoas pensam? Mas me preocupo. Eu não posso simplesmente fingir que não me importo. Fico muito insegura sobre isso. O mundo cria uma opinião sobre você, sem nunca ter te conhecido. Essa preocupação não deveria me incomodar, mas incomoda. Me incomoda. [Toma um gole de água]Vou sair daqui e pensar, Oh Deus, por que eu não fui simplesmente legal e confiante?

Como você lida com a ansiedade?
Eu tenho uma prescrição médica. [Risadas]

Eu também!
Eu encontro uma certa paz enquanto penso sobre eu em público como meio que um avatar. Vocês podem ter o meu avatar. Eu posso me manter. E eu simplesmente tentar reconhecer que este escrutínio é estressante, e que ninguém iria achar estressante. Então, tento deixá-lo para lá e tentar ser eu mesma, e me contentar com coisas importantes como pegar o cocô de cachorro.

Pegando o que?
Eu tenho uma pequena vira-lata, e nós acabamos de nos mudar para uma casa nova. Ela pensa que o corredor do quarto de hóspedes é uma terra perdida onde eu nunca vou e que ela pode usar como seu banheiro pessoal.

Como você e Amy Schumer se tornaram amigas?
Eu mandei um e-mail para ela depois que eu assisti “Trainwreck” e disse: “Eu não sei por onde começar. Eu acho que eu deveria apenas dizer: Eu estou apaixonada por você.” Nós começamos a trocar emails e de emails se tornou mensagens de texto. Há algo sobre nós duas que eu estou morrendo para se tornar público, mas eu não tenho certeza se eu posso. Deixa eu mandar uma mensagem para a minha assessora de imprensa e perguntar se eu posso. [Ela digita em seu Iphone].

Ela disse que eu posso lhe contar: Amy e eu estamos escrevendo um roteiro juntas! Nós interpretamos irmãs e estamos quase terminando de escrever. Isto apenas fluiu de nós duas. Nós temos mais ou menos 100 páginas até agora.

Wow. Você pode nos contar mais alguns detalhes?
Amy e eu fomos feitas, criativamente, uma para a outra. Nós temos gêneros diferentes. Está sendo uma das experiências mais engraçadas da minha vida. Nós começamos o dia no telefone, dando risada. E aí nós mandamos uma para outra páginas do roteiro. E nós morremos de rir. Eu estou indo para Chicago amanhã para vê-la.

Deixe eu mandar uma mensagem para Amy para dizer para ela que eu contei para você. [Digita. E recebe uma resposta instantânea.] Eu escrevi, “Eu apenas contei para o The New York Times. Está tudo bem por você?’ E Amy me respondeu: “Que você é gay? Totalmente! Isto é animador!’ [Risadas]

Alguns anos atrás, você disse em uma entrevista – veja, suas palavras estão voltando para te assombrar – que você se sente menos esmagada pela fama quando fica em casa, então você apenas fica muito dentro de casa. Esse não parece ser mais o caso.
Eu percebi em algum ponto que eu posso viver minha vida do meu próprio jeito, e sempre há meios se de juntar à Hollywood sendo nada menos do que você mesmo. Por exemplo, eu não preciso ir ao Chateau Marmont para ter uma festa de aniversário. Eu posso tê-la na minha própria casa.

Falando sobre isso, você acabou de celebrar seu aniversário. O que a Kris Jenner estava fazendo lá? A internet surtou quando alguém postou a foto de vocês duas.
Eu adoraria falar sobre isso. Minhas duas melhores amigas planejaram uma festa surpresa com uma super surpresa dentro de outra surpresa. Então eu estava lá, e ai as pessoas começaram a cantar “Feliz Aniversário”. Kris Jenner entrou segurando meu bolo de aniversário. Este foi o mais perto que eu cheguei de perder a minha consciência. Eu não fazia ideia! Eu nunca tinha a conhecido, mas nós sempre assistímos “Keeping Up With the Kardashians.” E ai Kris Jenner e eu cantamos “Build Me Up Buttercup” no karaokê e tiramos aquela foto.

Isso soa que você teve um tempo terrivelmente divertido.
Eu tenho uma vida maravilhosa. Eu amo minha vida. Eu amo meus amigos.

Teve alguma coisa sobre ser uma super estrela que ficou mais fácil com o tempo?
Eu acredito mais em mim mesma, e isso faz as coisas serem mais fáceis. No começo, você usa roupas que você não quer usar ou você morde a língua porque você tem medo de falar isso ou ser rude. E aí você começa a se sentir como um fantoche. Agora eu apenas falo. “Não, eu sei como meu cabelo fica quando você faz isso, e eu não gosto. Não, não vamos apenas tentar isso. Eu já tentei.” Mas as coisas são mais duras agora também.

Como?
Eu posso conseguir sinal verde para filmes, e inúmeras pessoas estão dedicando anos de suas vidas para algo que talvez não possa acontecer no final das contas. Isto parece ser bom? Eu não posso ser a única pessoa com opinião por aqui. Eu estou receosa que está parecendo que estou reclamando, o que eu não estou. Eu apenas estou explicando.

Como você escolhe seus filmes? Depois de “Jogos Vorazes”, Joy será lançado, com David O. Russell te dirigindo mais uma vez e aí, um filme espacial.
Você sabe, eu leio os roteiros. Eu contrato pessoas por suas opiniões, e eu as escuto. Mas ultimamente o risco é parte de sua arte. Eu faço coisas nas quais eu respondo, e tento não pensar muito sobre. Não pensar muito em como você não gosta de trabalhar em cenas de morte de suas personagens antes de vir ao set? Eu estou feliz que você levou isso para um nível mais intelectual e fez disso um elogio, mas é pura preguiça. Eu memorizo minhas falas durante a maquiagem e o cabelo.


Você têm dois filhos neste filme, correto? Você se sente madura o suficiente para isso?
David tem visões. Ele está em seu próprio lindo, maravilhoso mundo. Estas são questões bobas que não importam para ele. Não é como se eu fosse velha o bastante para “Trapaça” E eu era muito nova para ”O Lado Bom da Vida”. Foi por isso que eu quase não consegui o papel.

Do que você vai sentir mais saudades da sua experiência em “Jogos Vorazes”? Seus colegas de elenco? Eu sei que você é, particularmente, próxima de Josh Hutcherson e Liam Hemsworth.
No último dia, tudo foi muito emotivo, e nós meio que não conseguiamos nos soltar. Nós meio que surtamos que algo estava acabando. E ai, uma semana depois, nós estávamos na casa de Liam. Nós ficamos como, “Oh, ok, agora nós podemos ser apenas amigos.” Depois de ver que nada mudou entre nós três – quatro, incluindo Woody [Harrelson], mas ele vive no Havaí, então é complicado – mas nós estamos bem. Quero dizer, isto foi ontem: Woody mandou uma mensagem para mim, e disse que sonhou comigo. E eu perguntei, “Eu estava maravilhosa?” E ai Josh me ligou e disse que ele sonhou com Woody. E então minha amiga veio na minha casa e me disse que teve um sonho sexual com Liam. Eu não sonho com ninguém, mas sempre há hoje a noite.

Tradução e Adaptação: Isabella e Juliana – Equipe Jennifer Lawrence Brasil
Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »