>

CCXP 2016: filho do eterno Spock, de "Star Trek", fala sobre o documentário "For the love of Spock"


Começando os trabalhos do segundo dia do maior evento geek da América Latina tivemos o Adam Nimoy, filho do lendário Leonard Nimoy que deu vida ao inesquecível Sr. Spock de "Star Trek". Adam veio falar e exibir o filme "For the love of Spock", dirigido por ele, que conta um pouco sobre o personagem meio humano, meio vulcaniano, ou melhor: "o significado de Spock para o homem [Leonard]".
Esse foi um projeto que eu comecei com ele, em novembro de 2014. Assim que falei que precisamos fazer algo para celebrar os 50 anos do Spock, ele topou", contou Adam.
O documentário, que teve mais de 600 mil dólares arrecadado por fãs através de financiamento coletivo, fala da vida e carreira de Nimoy pai através de um olhar mais profundo sobre a vida de um dos maiores astros da cultura pop. Adam diz que era necessário entender o ator antes do personagem. 

A produção mostra a saída de Leonard da casa de seus pais, que não o apoiavam, e a passagem dele por diversos empregos, como vendedor de aspiradores de pó e de aquários, para conseguir bancar seus estudos em artes dramáticas. Mostra também ele fazendo umas pontas em filmes menores e em séries de TV enquanto não conseguia decolar com a carreira, até sua seleção para interpretar Sr. Spock em "Star Treck" durante as 3 temporadas originais da série e quando começou a trabalhar como diretor de cinema, após a morte do personagem. 

O longa também conta com depoimentos do elenco original da série, como o de William Shatner (o capitão Kirk), e também do elenco da versão mais recente da série, como os de Zachary Quinto e J.J. Abrams (respectivamente, o Spock e o diretor), além de trazer gravações de Leonard ainda em vida, logo quando ele e o filho começaram a planejar o filme.
For the love of Spock não é só sobre Spock, mas sim sobre a vida de Leonard e seu legado”, afirma Nimoy.
Adam preferiu não comentar sobre assuntos mais polêmicos, como o problema com álcool de seu pai, ou da ausência do mesmo enquanto a série estava no ar, mas revelou junto de David Zappone, produtor do documentário, que Leonard foi convidado para participar do mais recente filme "Star Trek: Sem Fronteiras". 
Pela primeira vez, meu pai disse não para um projeto de Star Trek. Ele já estava muito doente e ficou muito triste, mas entendeu que não seria possível", explica.
Nimoy terminou o painel falando em português uma frase bem marcante que o Spock sempre repetia em diversos episódios, desejando a suas pessoas queridas "Vida Longa e próspera".


O documentário já está disponível nas plataformas digitais dos EUA e deve chegar ao Brasil no começo do ano que vem
Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »