>

#Resenha 32: A Herdeira - Kiera Cass


Pensa numa "garota normal". Agora pense em America. Ótimo. Agora exclua essas duas personas da sua mente porque Eadlyn Schreave não é nem remotamente parecida com nada do que já vimos nessa série antes.

Esse 'quarto volume de uma trilogia de cinco' inicia-se 20 anos após os acontecimentos de "A Escolha" e nos apresenta a princesa e futura rainha (por apenas 7 benditos minutos!) de Ileia - filha, claro, dos amados Rei Maxon e Rainha America.

Ela não é a única ' cara nova' mas é nossa protagonista e quem mais importa nesse momento. Até porque, se nos três primeiros livros, Cass escreve sempre de forma sutil - com raros momentos de 'discurso direto' sobre as temáticas da sua narrativa, deixando quase implícito e acreditando na capacidade do(a) leitor(a) de absorver a mensagem, aqui ela abre mão da sutileza e usa Eadlyn como um óbvio objetivo empoderador .

Criada para reinar, Eadlyn tem uma visão muita própria de quem será um dia e de que tipo de governante quer se tornar. Marido, filhos, romance não são conceitos que se fundem a reuniões de conselho, taxas e impostos e formulação de leis. Mas como sendo da realeza, sua vida pessoal e sua vida pública estão intrinsecamente ligados, ela se vê obrigada a passar por uma nova Seleção a fim de melhorar sua imagem perante o povo. 

Não que jamais deixe perder o romance e a leveza de sua narração - características fundamentais que nos fazem amá-la a cada nova aventura de suas cativantes protagonistas femininas, mas Eadlyn é o retrato dos desafios enfrentados diariamente por meninas, jovens e mulheres, num mundo que exige delas uma série de comportamentos pré-concebidos, e julga tudo que foge disso como 'errado'.

Como princesa, esses desafios se tornam ainda mais presentes. Como ser firme e mostrar-se independente sem parecer fria e distante? Como seguir seu coração sem ser considerada uma tola emotiva? Como ser amada pelo povo sem a necessidade de um homem ao seu lado? Como equilibrar tantas coisas sem parecer perdida? Como provar que não é uma 'mocinha indefesa' mas que ainda assim é romântica? E como fazer tudo isso, em frente às câmeras, que insistem em sempre pegar seu pior ângulo?

Sem nunca perder o bom humor - e a quedinha por vestidos estonteantes e garotos apaixonantes, a autora mais uma vez nos conquista, nos faz rir, chorar e torcer por essa nova versão do Conto da Seleção que não tem nada a ver com a original. Ainda bem!

Titulo: A Herdeira;
Titulo Original: The Heir;
Autora: Kiera Cass;
Tradução: Cristian Clemente;
Editora: Seguinte;
Gêneros: Distopia, Jovem adulto, Romance;
Série - Volume: A Seleção - 04;
Número de páginas: 361
ISBN: 9788565765657;
Ano: 2015.
Escrito por: Ludmilla Fadel (@ludifadel)
Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »