>

BIENAL RIO 2017: vem ver os destaques do "Encontro com Autores" realizado no Auditório Madureira


Quem queria encontrar com seus autores favoritos tiveram a oportunidade no Auditório Madureira. O Encontro com Autores teve mais de 20 sessões durante os 11 dias de Bienal e levou milhares de pessoas ao local. Com bate-papos descontraídos e divertidos, os fãs ficaram sabendo dos maiores lançamentos do momento enquanto os autores levaram um pouco do universo de suas obras para o auditório. Confira alguns destaques do espaço:

No segundo dia de Bienal o mestre Ziraldo, que completa 85 anos no próximo mês, marcou presença, assim como em todas as Bienais do Rio anteriores. O escritor conversou com os fãs e contou o que o inspira para escrever: 
Para quem é contador de histórias, tudo é curioso e chama atenção. Em meu livro ‘Vovó Delícia’, por exemplo, me inspirei numa linda vovó motoqueira que avistei na rua e resolvi homenagear as vovós da atualidade, que esbanjam beleza.
Começando as atividades internacionais no auditório, no primeiro sábado a escritora inglesa Paula Hawkins esteve presente para a alegria dos fãs dos suspenses “A Garota do Trem” e “Em Águas Sombrias”. Mediado pela jornalista Frini Georgekapoulos, a conversa incluiu temas muito legais, como processo criativo, a adaptação de seu livro para o cinema e feminismo.

Em seguida, ainda no mesmo dia, tivemos uma mistura na plateia com pessoas de todas as idades para ouvir o criador da Turma da Mônica, Maurício de Sousa. Junto do filósofo Mario Sergio Cortella, os dois falaram sobre o livro “Vamos pensar um pouco?”, onde Cortella vira um personagem e se junta à Turma da Mônica para levar temas da filosofia aos leitores.

No domingo a escritora portuguesa Sofia Silva participou de um debate com os fãs no auditório. Conhecida por publicar seus livros no Wattpad – plataforma para publicação que permite comentários nos textos publicados, ela comentou que a plataforma permite um melhor e mais rápido feedback dos leitores para que ela possa saber o que estão achando, melhorar e desenvolver as histórias de seus livros. A escritora ainda disse que aumentou seu público adaptando a obra da web para o físico.

Outra escritora que esteve presente para fechar o primeiro fim de semana foi a americana Abbi Glines. Abrindo o bate-papo, a autora revelou que seu novo livro será lançado aqui em 2018 pela editora Arqueiro e revelou que todas as cenas picantes de sua nova obra foram vivenciadas por ela. Já sobre sua inspiração para a continuação da saga “Rosemary beach”, Abbi disse que não tem segredo, ela “mergulha nos personagens e vive a história deles”.

No feriado, finalizando o dia, Lobão arrancou gargalhadas da plateia. O cantor e escritor, responsável pelo “Guia Politicamente Incorreto dos anos 80 pelo Rock”, quarta obra do autor, revelou que está gravando um disco baseado nesse seu último livro. Motivado em perpetuar bandas que fizeram sucesso há 30 anos, o cantor disse:
Precisamos unir forças e afetos para acabar com paradigmas, respirar fundo e ter humildade para começar novos caminhos [...] o artista que não se reinventa é uma recordação de si mesmo.
Abrindo o último fim de semana de Bienal, o casal Raphael Draccon e Carolina Munhóz veio de Los Angeles para conversar um pouco com o público sobre Literatura Fantástica. Eles comentaram que a visibilidade do gênero começou a aumentar aqui no Brasil a partir de 2012 e desde então só vem melhorando, com mais mulheres nesse meio e constantes negociações sobre adaptações para o cinema. Sobre as novidades, os autores contaram para os fãs que terá uma personagem num novo livro para a DC Comics, produzido pela escritora Marie Lu (trilogia “Legend”), com nome inspirado neles.

A tarde o clima ficou mais sombrio com a convidada Karin Slaughter, autora de Terror e Suspense conhecida pelas obras “Will Trent” e “Flores Partidas”. A escritora falou que se inspira no comportamento das pessoas em aeroportos ao redor do mundo para construir seus personagens. Ela ainda disse que faz observações em campo para a produção de seus livros, além de realizar longas pesquisas com policiais, detetives e médicos.

Finalizando o dia a escritora Paula Pimenta participou do “Bate-papo fora de série!”, onde falou sobre seus novos lançamentos, como a quarta temporada de “Minha Vida Fora de Série” e “Princesa Adormecida”, seu primeiro livro de uma série de histórias sobre princesa que faz uma releitura moderna do clássico “A Bela Adormecida”. Paula também deu uma dica para quem sonha em ser escritora:
Acredito que o caminho é ler muito, escrever sobre o que gosta e conhecer muito bem sobre o tema escolhido.
Para fechar a Bienal tivemos novamente nosso querido Maurício de Souza, que trouxe dessa vez a Daniele, personagem da Turma da Mônica Jovem, para anunciar que as inscrições para a seleção de autores para interpretar o quarteto principal, numa adaptação cinematográfica, já estão abertas. Junto com Maurício e sua filha, Marina, as escritoras do livro “Uma Viagem Inesquecível”: Melina Souza (Marina), Babi Dewet (Mônica), Carol Christo (Magali) e Pam Gonçalves (Denise) também estiveram presentes.
Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »