>

#Resenha 37: Filho das Sombras - Juliet Marillier


A continuação de "Filha da Floresta" resgata a história do povo de Sevenwaters mais de uma década após os acontecimentos do primeiro livro. Protagonizado por Liadan, filha de Sorcha e Red, o livro avança na questão entre os irlandeses e os bretões, amplia a mitologia celta ao incluir seres anteriores aos deuses que já conhecemos e muda radicalmente o foco de abordagem.

"Filho das Sombras" é sobre mudança(s). Liadan é uma filha não prevista, que faz as coisas do jeito que quer e quebra uma profecia/aviso de forma deliberada, algo que seria impensável à sua mãe (e aos leitores que acompanharam sua jornada silenciosa proposta pelos Seres da Floresta).

É quase impossível não comparar Liadan com Sorcha - até porque a própria personagem o faz frequentemente. Claro que a história da mãe e dos tios ganhou ares legendários na vila e Liadan e os irmãos são criados sob essa sombra, cada um reagindo a sua maneira. 

Bom, Liadan é passional. Nada daquela calma fria que nos acostumamos no livro anterior e isso, claro, muda tudo. Rebelde - não sem causa - não aceita os desígnios dos Seres da Floresta e toma seu próprio caminho. Nesse caminho depara com o Homem Pintado e seu bando. Um mercenário que vem aterrorizando os irlandeses e especialmente amigos próximos da família de Sevenwaters.

A narrativa mantém a mesma ludicidade da obra estreante mas não mantém o ritmo. Decorrido num período de tempo relativamente mais longo, as passagens de transição soam quase aborrecidas em alguns momentos. Não que não sejam necessárias, pois "Filho das Sombras" deixa muitas pontas abertas e segredos a serem revelados no próximo volume. 

"Segredos" aliás, pode ser uma das palavras-chave desse livro. Segredos do passado (fatos que ocorreram entre o primeiro e o segundo livros) permeiam todos os acontecimentos da história e o próprio desenrolar dos personagens, é consequência direta de tudo que foi escondido por aqueles nomes que já nos são familiares. Basicamente, é um "os filhos pagando pelos pecados dos pais", seja direta ou indiretamente. O interesse no livro é mantido em grande parte em tentar descobrir esses segredos, e entender o porque eles foram escondidos.

Juliet Marillier não é uma autora de saídas fáceis nem de textos diretos. E isso é ótimo  já que mesmo sem a empolgação do primeiro, sua escrita encanta e seus personagens envolvem o leitor de maneira irrevogável.  
Titulo: Filho das Sombras;
Titulo Original: Son of the shadows;
Autora: Juliet Marillier;
Tradução: Yma Vick;
Editora: Butterfly Editora;
Gêneros: Fantasia;
Série - Volume: Trilogia Sevenwaters - 02;
Número de páginas: 608;
ISBN: 9788588477995;
Ano: 2013.
Escrito por: Ludmilla Fadel (@ludifadel)

Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »